Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Primeiro Capítulo

Ciclo de encontros mensais de partilha entre pessoas que escrevem ou querem escrever.

O Primeiro Capítulo

Ciclo de encontros mensais de partilha entre pessoas que escrevem ou querem escrever.

Verão no rio

07.10.20, Elisa
Este texto foi escrito, em português do Brasil, pelo Eduardo Fernandes,  em Agosto, para o tema Verão.   No Rio de Janeiro não há verão, ou melhor, só há verão. A não ser ali em agosto, quando algumas nuvens aparecem de cara fechada e os cariocas tiram do armário as suas pesadíssimas sweatshirts de algodão para suportar os terríveis dezoito graus que se advinham. No Rio de Janeiro não se bebe whisky, a não ser que se (...)

O campo foi à praia

06.10.20, Elisa
  Em Agosto, lançámos o tema Verão como mote para a escrita. A Ana Paula Campos respondeu ao desafio com um "Campo que foi à praia".   Terça-feira. Tarde de praia, vento e sol. A pequena extensão de areia, encaixada entre dois pontões, encontrava-se apinhada de gente. Sentadas sobre uma pedra do pontão, duas figuras improváveis: duas mulheres na casa dos setenta anos, se não irmãs de sangue, certamente irmãs de vida, as fartas cabeleiras grisalhas presas num toutiço, a meio (...)

Verão na cidade

15.09.20, Elisa
"Quem volta traz a melancolia do regresso mascarada pela pele caramelizada e o ocasional escaldão no peito." Um texto de Andreia Esteves sobre o tema Verão. O relógio da Sé bate as nove horas e o calor é já insuportável. Caminhando pelo passeio de calçada irregular e fazendo um esforço para se manter na sombra dos toldos, Lúcia sabe quem já foi e quem está quase a ir. Quem volta traz a melancolia (...)

Marco, precisamos de falar

17.07.20, Elisa
O Eduardo Fernandes é o nosso participante mais assíduo e também um importante crítico de todos os textos. Natural do Brasil, coisa que ainda se vai notando nos seus textos, o Eduardo lê muito, informa-se, estuda, experimenta. Traz sempre algo de novo e construtivo. Em Julho, aceitou o desafio de escrever diálogo e este foi o resultado. *  *  * - Marco, precisamos de falar.   - Não, Marco, não vou deixar para depois. Eu tô (...)

Cozinhas acatitadas

14.07.20, Elisa
Ana Carolina Helena, que se juntou ao grupo logo no primeiro encontro, mas, vicissitudes da vida, só agora pôde regressar. A participante aceitou os dois desafios: falar sobre amizade e integrar diálogo em prosa. Com um texto destes só podemos dizer: bemvinda de volta, Ana Carolina!   - Vou pôr água a aquecer. - Dois segundos. – vociferei para o ar, atropelando mentalmente as últimas palavras da página que estava a ler, mal sentada na cadeira, enrolada sobre mim mesma. Sempre (...)

A Rita irrita-me

10.07.20, Elisa
  Para a  Andreia Esteves escrever não é novidade, ou não fosse ela já uma escritora freelancer. Ainda assim, pela primeira vez este mês, juntou-se a'O Primeiro Capítulo, numa estreia que nos impressionou. Aceitou o desafio de escrever sobre Amizade e trouxe-nos, de forma textual, a Rita, sua amiga na adolescência.  Hemingway diz para escrevermos com clareza sobre aquilo que dói, mas eu nem sempre tenho essa disciplina. (...)

O Primeiro Capítulo - como participar no encontro de escrita mensal?

31.10.19, BeatrizCM
  Pessoas que gostam de escrever convidam pessoas que gostam de escrever para os encontros mensais d’o Primeiro Capítulo. Sem redundâncias. Sob um tema mensal escolhido a dedo, este encontro terá lugar no espaço "a Sala" (Lisboa) e contará com a presença de um convidado especial em todas as sessões. 𝐎 𝐪𝐮𝐞 𝐞𝐬𝐩𝐞𝐫𝐚𝐫: - Opinião honesta e construtiva de um texto (...)

𝐏𝐞𝐬𝐬𝐨𝐚𝐬 𝐪𝐮𝐞 𝐠𝐨𝐬𝐭𝐚𝐦 𝐝𝐞 𝐞𝐬𝐜𝐫𝐞𝐯𝐞𝐫 𝐩𝐫𝐨𝐜𝐮𝐫𝐚𝐦 𝐩𝐞𝐬𝐬𝐨𝐚𝐬 𝐪𝐮𝐞 𝐠𝐨𝐬𝐭𝐚𝐦 𝐝𝐞 𝐞𝐬𝐜𝐫𝐞𝐯𝐞𝐫

21.10.19, BeatrizCM
  Dizem que para bem escrever são necessárias duas coisas, ler e escrever. Concordamos, mas achamos, também , que é necessário optimizar a forma como se lê e a forma como se escreve. Não é à toa que escritores tão importantes como Bocage, Alexandre Herculano, Almada Negreiros, Fernando Pessoa ou Mário de Sá Carneiro se juntavam em tertúlias onde, entre outros temas politicos e intelectuais, falavam de literatura. Acreditamos que a interação também inspira, também (...)